Encontre Seu Artista:

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Divulgação

Betty Faria


Beth Faria nasceu em 8 de maio de 1941, na cidade do Rio de Janeiro, filha do general Marçal e da dona de casa Elza. Com apenas 4 anos de idade, tentou fugir com o circo que passava pela cidade para virar artista. Foi então que seus pais a matricularam nas aulas de balé clássico no Colégio Pedro II, onde cursou o ginásio.

Recém saída da adolescência, começou a fazer testes para corpos de baile dos shows da TV Excelsior. Em 1960, com 19 anos, foi selecionada pela coreógrafa americana Sonia Shaw para integrar o corpo de baile do musical Skindô, que fez muito sucesso no Golden Room do Copacabana Palace e depois excursionou por São Paulo, Buenos Aires e Montevidéu.

No ano seguinte, a jovem Betty já estrelava em outro musical, Tio Samba. Em 1963, caiu nas graças de Carlos Machado, o mais importante diretor de musicais do Brasil, que a convidou para protagonizar o espetáculo Chica da Silva 63, ao lado de Grande Otelo. O sucesso foi tão grande que a dupla Carlos Miéle e Ronaldo Bôscoli convidou a moça para participar de vários shows que eles montaram. Um deles entrou para a história da TV: o encontro de Betty com o cantor, Dick Farney em Dick & Betty 17, que marcou a inauguração da TV Globo, em 1965.

Não demorou muito para o cinema e a televisão também se renderem ao talento da nova estrela. Estreou na telona pelas mãos de Flávio Tambellini em O Beijo, baseado em texto de Nelson Rodrigues.

Trabalhou em alguns filmes do chamado Cinema Marginal, inspirados pela ideologia da contracultura americana, lançados nas décadas de 60 e 70, como Piranhas do Asfalto (1970) e Os Monstros do Babaloo (1970).

Seus melhores momentos no cinema brasileiro foram ao protagonizar A Estrela Sobe (1974), do diretor Bruno Barreto, e ao atuar em Bye-bye, Brasil (1979), do diretor Cacá Diegues. Em 1986, recebeu um Kikito de melhor atriz no Festival de Cinema de Gramado por Anjos do Arrabalde.

Betty atuou e produziu o longa-metragem Bens Confiscados, de Carlos Reichenbach. O filme recebeu o prêmio do júri, do público e da crítica no Festival Cine-PE.

Na década de 1960, atuou na peça As Inocentes do Leblon. Na montagem de Os Pequenos Burgueses, de Maximo Gorki, conheceu o ator Cláudio Marzo, com quem se casou logo depois e teve a filha Alexandra, nascida em 1968.

Cláudio juntamente com Antonio Pedro fundaram o Teatro Carioca de Arte, mas por causa da ditadura o mesmo foi fechado. Betty e Cláudio também fundaram juntos a própria companhia de teatro, montando as peças O Bravo Soldado Schweik e Falsa Criada.

Foi na televisão que Betty alcançou o reconhecimento popular. Graças à interferência da amiga, Leila Diniz, conseguiu ser escalada para a novela da TV Rio, Os Acorrentados, dirigida por Daniel Filho, com quem se casou e teve um filho, João.

Pouco tempo depois chegaria à TV Globo, atuando em sucessos como A Última Valsa, A Rosa Rebelde, Véu de Noiva, A Próxima Atração, O Bofe, O Homem Que Deve Morrer, Cavalo de Aço. O estrelato seguramente viria na pele da fogosa Viúva Porcina, em Roque Santeiro, mas a novela foi censurada e Betty e todo o elenco foi reescalado para estrelar outra trama: Pecado Capital (1976), campeã de audiência.

Recusou o convite para protagonizar Dona Flor e Seus Dois Maridos, de 1976, abrindo caminho para a contratação de Sônia Braga. De qualquer forma, ainda atuou em um pequeno papel no filme.

Pousou duas vezes para a Playboy no Brasil, em agosto de 1978 e outubro de 1984.

Seu último trabalho na Rede Globo de Televisão foi em 2007, na novela Pé na Jaca.

Betty é avó de Giulia, filha de Alexandra, e dos gêmeos Valentina e João Paulo, filhos de João. Atualmente, a atriz segue os princípios da religião budista.

Filmografia
2007 – Chega de Saudade
2005 – O Sol – Caminhando Contra o Vento
2004 – Bens Confiscados
2004 – Sexo, Amor e Traição
1997 – For All – O Trampolim da Vitória
1992 – Perfume de Gardênia
1988 – Lili, a Estrela do Crime
1987 – Anjos do Arrabalde
1987 – Jubiabá
1987 – Romance da Empregada
1987 – U m Trem para as Estrelas
1983 – Bar Esperança
1979 – Bye Bye Brazil
1979 – O Bom Burguês
1978 – O Cortiço
1976 – Dona Flor e Seus Dois Maridos
1975 – O casal
1974 – A Estrela Sobe
1970 – Os monstros do Babaloo
1970 – Piranhas do asfalto
1968 – As Sete Faces de um Cafajeste
1967 – A Lei do Cão
1966 –
1966 – Amor e Desamor
1965 – O Beijo

Novela
2007 - Duas Caras
2006 - Pé na Jaca
2005 - Alma Gêmea
2005 – América
1993 – Verão Quente
1999 - Suave Veneno
1998 - Pecado Capital
1997 – A Indomada
1996 – O Campeão
1995 – A Idade da loba
1992 – De Corpo e Alma
1989 – Tieta
1989 – O Salvador da Pátria
1984 – Partido Alto
1982 – Elas por Elas
1981 – Baila Comigo
1980 – Água Viva
1976 – Duas Vidas
1975 – Pecado Capital
1973 – Cavalo de Aço
1972 – O Bofe
1970 – Inês
1970 – A Próxima Atração
1970 – Pigmalião 70
1969 – Véu de Noiva
1969 – Rosa Rebelde
1969 – A Última Valsa
1969 – Os Acorrentados
1965 – TNT

Minisséries
2006 – Sob Nova Direção
1998 – Labirinto
194 – Incidente em Antares
1986 – Anos Dourados
1983 – Bandidos da Falange

Seriados
2001, 2007 e 2008 - A Grande Família
2000 – Sai de Baixo
1998 e 1992 – Você Decide

Peças
Seria Trágico Se Não Fosse Cômico
1971 - O Crime do Silêncio (Teatro televisivo)
Click News

Assine nossa newsletter

Nome
E-Mail
Promoções

Séries de TV

De A a Z