Encontre Seu Artista:

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Broadway/Bruce Glikas

Jude Law


David Jude Heyworth Law nasceu no dia 29 de dezembro de 1972, em Londres. Filho dos professores Pete e Maggie Law, o ator recebeu esse nome por causa da música dos Beatles, Hey Jude.

Aos 12 anos, já atuava na National Youth Music Theatre, onde participou de produções como Joseph and the Technicolor Dreamcoat. Abandonou a escola aos 16 anos, após ser selecionado para o papel de um adolescente na novela da televisão britânica, Families. Durante 1992, fez parte da turnê das peças Pygmalion e The Fastest Clock in the Universe, em Londres.

Em 1994, Jude Law estreou no cinema em Shopping - Alvo do Crime, um fracasso, mas foi ali que conheceu a atriz Sadie Frost, sua futura esposa. Em 1996, dividiu a tela com Claire Danes em Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer, e no ano seguinte atuou no sucesso Gattaca – A Experiência Genética, com o casal Uma Thurman e Ethan Hawke. Fez também um pequeno papel em Meia-Noite no Jardim do Bem e do Mal, de Clint Eastwood, em que representa o namorado secreto de Kevin Spacey.

Em 1995, atuou na peça britânica Les Parents Terribles e foi o único membro do elenco convidado para reprisar seu papel na versão hit da Broadway, Indiscretions, que lhe rendeu o prêmio Theatre World e uma nomeação ao prêmio Tony.

Após a temporada da peça Indiscretions, mudou-se para os Estados Unidos onde passou a trabalhar na Broadway. Ganhou uma indicação ao prêmio Tony de Melhor Ator Coadjuvante por Newcomer, em que dividia o palco com Kathleen Turner e participou de uma cena de nudez polêmica ao lado da atriz.

Em 1999, sua empresa de produção, Natural Nylon, a qual co-fundou juntamente com Frost e seus amigos atores Jonny Lee Miller, Ewan McGregor e Sean Pertwee, lançou seu primeiro longa-metragem, eXistenZ, co-estrelado por Law e Jennifer Jason Leigh.

Paralelamente ao cinema, Law continuo a atuar no teatro, aparecendo na produção britânica Tis Pity She´s a Whore, em 1999. No mesmo ano, o britânico conquistou a fama nas telonas ao interpretar o milionário assassinado por Matt Damon, em O Talentoso Ripley. O filme lhe rendeu o prêmio BAFTA de Melhor Ator Coadjuvante e uma indicação ao Oscar na mesma categoria.

Depois do longa, Law conquistou vagas em produções cinematográficas de renome, como Estrada para Perdição, com Tom Hanks; Cold Mountain, com Nicole Kidman, que lhe rendeu a segunda indicação ao Oscar; e Closer – Perto Demais, com Natalie Portman e Julia Roberts. Um de seus papéis mais elogiados é o do andróide Gigolô Joe, em A.I. Inteligência Artificial, de Steven Spilberg, realizado em 2000.

Apesar da carreira bem sucedida, o ator britânico atraiu mesmo todas as atenções por conta de sua vida amorosa. Foi casado com a atriz e designer Sadie Frost entre 1997 e 2003, com quem teve 3 filhos: Raferty nascido em 1997, Iris nascida em 2000 e Ruddy Law nascido em 2003. Após o divórcio, envolveu-se com a atriz Sienna Miller, mas o romance acabou quando ela descobriu que Law tinha um caso com a babá de seus filhos. O ator pediu desculpas publicamente, mas o romance acabou em 2006. Em julho de 2009, Jude foi pai pela quarta vez, sendo a mãe, a atriz e modelo Samantha Burke. Atualmente, voltou a namorar a atriz Sienna Miller.

Em 2010, confirmando o sucesso de público e crítica, Jude recebeu o prêmio Whatsonstage.com, por sua atuação na peça Hamlet.

Teatro

2009 – Hamlet
1999 - Tis Pity She´s a Whore
1995 – Indiscretions
1995 - Outstanding Newcomer
1995 - Les Parents Terribles
1984 - National Youth Music Theatre

Principais prêmios e nomeações

Recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Ator, por Cold Mountain (2003).
Recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, por O Talentoso Ripley (1999).
Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator - Drama, por Cold Mountain (2003).
Recebeu duas indicações ao Globo de Ouro, na categoria de Melhor Ator Coadjuvante, por suas atuações em O Talentoso Ripley (2000) e A.I. - Inteligência Artificial (2001).
Recebeu uma indicação ao BAFTA de Melhor Ator, por Cold Mountain (2003).
Recebeu uma indicação ao BAFTA de Melhor Ator Coadjuvante, por O Talentoso Ripley (1999).
Recebeu uma indicação ao MTV Movie Awards de Melhor Performance Musical, por O Talentoso Ripley (1999).
Recebeu duas indicações ao MTV Movie Awards de Melhor Beijo, por Capitão Sky e o Mundo do Amanhã (2004) e O Amor Não Tira Férias (2006).
Click News

Assine nossa newsletter

Nome
E-Mail
Promoções

Séries de TV

De A a Z