Divulgação

Grupo XPTO


O Grupo XPTO foi criado em 1984, sob a coordenação do artista plástico argentino Oswaldo Gabrielli e pelo músico e compositor brasileiro Roberto Firmino. Nos anos 80, ano de lançamento, atingiu reconhecimento de público e crítica, com as peças Buster Keaton Contra a Infecção Sentimental e, depois, A Infecção Sentimental Contra-ataca, ambos os espetáculos de manipulação de objetos inusitados, com influências de vários grupos internacionais, como o Teatro de Sombras de Praga e o Mummenschanz.

Ainda com as presenças de Natália Barros e André Gordon, seus co-fundadores, o grupo, primeiramente, investiu nas performances em casas noturnas do underground paulistano, entre elas, Madame Satã e Café Piu-Piu.

Os figurinos e a cenografia são sempre assinados por Gabrielli Duarte. A sonoplastia/trilha é assinada por Roberto (Beto) Firmino. Durante muitos anos, fizeram parte ativa do grupo os atores Anie Welter, Sidney Caria, Natália Barros e Wanderley Piras. Passaram pelo grupo: Dadá Cyrino, Grace Gianoukas, Carlos Farielo, Guto Tognazzolo, Kleber Montanheiro, Gerson Steves, Roberto de Carmargo, Ângelo Madureira, Cadu de Souza, Tay Lopez, Júlia Jalbut, Sérgio Pupo, Paulo Vasconcellos, Robson Ruy e outros.

O Grupo XPTO realizou turnês pela Europa, América do Sul e Ásia.

Espetáculos:

1984 - Buster Keaton Contra a Infecção Sentimental
1984 - A Infecção Sentimental Contra-Ataca (primeira montagem)
1987 - Kronos
1989 - Coquetel Clown (primeira montagem)
1991 - XPTO Mega Mix
1994 - Babel Bum
1996 - O Pequeno Mago
1997 - Buster - O Enigma do Minotauro
1999 - Além do Abismo
2001 - A Infecção Sentimental Contra-Ataca (segunda montagem)
2002 - A Tempestade
2002 - Estação Cubo
2003 - Utopia - Terra de Dragões
2004 - Coquetel Clown (segunda montagem)
2006 - Pulando Muros
2007 - LORCA - Aleluia erótica em 38 quadros e 1 assassinato
2008 - O Público, de Federico Garcia Lorca
Click News

Assine nossa newsletter

Nome
E-Mail
Promoções

Séries de TV

De A a Z